Arquivo

safadeza

Transcrição de uma conversa animada.

Começou assim: Falei que tava afim de falar besteira. Ela deu bola e disse, “pode falar”. Então comecei imaginando uma cena e pedi pra ela continuar. Ela gostou da ideia… e deu nisso:

Eu

Viciado em você

fui na sua casa querendo mais e muito melhor te conhecer
cheguei e você não estava
acabei conversando com um cara, boa pinta, não sei se seu amigo, colega, primo, vizinho ou pretendente.
falei de você
ele sorriu e diz me entender: “a Dani é de enlouquecer”
você chegou e sorriu ao ter certeza que nós falávamos de você.
Seu sorriso safado pra nós dois me deixou curioso e excitado.

 


Dani

Ao vê-los conversando minha mente fervilhava, e minha buceta pulsava

só de pensar em vocês dois comigo…

Sorri, e convidei ambos para entrar, fui na geladeira e peguei

três cervejas (Stellas) para batermos um papo…

Te beijei, e ele me olhou por baixo com ar safado, os dois estavam com a barba por fazer do jeito

que eu gosto…


Eu

na minha boca o gosto da sua boca se mistura ao gosto da cerveja

te puxo e você cai em cima de mim sobre o sofá
minha mão já estava na sua bunda pegando com vontade enquanto chupo sua língua
vc geme e eu aperto sua bunda erguendo seu vestidinho
escorrego os dedos pelo meio da sua bunda gostosa afasto afastando de lado sua calcinha pequenininha
vc aperta meu pau sobre a calça e se ergue para olhar para o seu amigo
o safado nos olhos vidrado de tesão alisando o pau duro pra fora da calça

 


Dani

Sinto um tesão enorme quando vc me pega com propriedade, com aquele jeito só seu…

Fico louca quando vc chupa minha língua e quando sinto seu pau, começo a roçar

minha buceta nele, ainda por cima da calça, mas não agüento e abro sua calça,

e fico esfregando minha buceta ainda com calcinha, mas já encharcada de desejo

no seu pau ainda com aquela box preta…

Quando percebo o meu amigo sacana, com aquele pau enorme piro…

quero tocar, mas não quero sair de cima de vc….

e chamo ele pra mais perto, fico rebolando em cima de vc e começo a masturbá-lo…


Eu

ele chega perto e vc começa a punhetá-lo segurando com força no pauzão dele

(um nome pra ele?)
vc tá montada em cima de mim, se esfregando no meu pau duro ainda dentro da cueca
mordo seu pescoço e envia a mão dentro da sua calcinha
meus dedos escorregam na sua buceta encharcada
te ergo um pouco apenas o suficiente para tirar meu pau de dentro da cueca
aposto minha vara pra sua buceta e vc desce sem modéstia gemendo alto
sentindo meu pau alargando sua buceta
entrando tudo
sem parar de masturbar seu amigo
você começa a cavalgar… subindo e descendo no meu pau
te dou um beijo na boca… viro o seu rosto e digo: “abre essa boquinha… e cai de boca no pauzão do seu amigo”


Dani

Pode ser Bruno… não conheço ninguém com esse nome e foi o primeiro que veio a cabeça…

Sinto seu pau entrar gostoso dentro de mim…

Estou delirando de prazer…

Meio que no entusiasmo, abocanho o pau enorme do Bruno, ele fecha os olhos um pouco de prazer, e já perde completamente o pudor, puxa meu cabelo e começa a fuder minha boca…

Eu coloco até o fundo da garganta e sem parar de rebolar e cavalgar em cima de vc…

 


Eu

alcanço uma garrafa de Stella e puxo o seu cabelo tirando sua boca gulosa do pau do Bruno

derramo um pouco de cerveja no cacete dele
vc dá um show lambendo e chupando a vara dele molhada de cerveja
enquanto rebola no pau que atola ainda mais na sua buceta.
então te levanto
te coloco sentada no sofá
você tá ofegante de tesão
e eu e o Bruno ficamos na sua frente
um com o pau mais duro que o outro
o dele é um pouco maior do que o meu
o meu é um pouco mais grosso do que o dele
você segura em cada pau com uma mão, masturbando gostoso
sorrindo, se divertindo…
“vai Dani”, eu sussurro pra você, “dá o seu show, mostra o que sabe fazer”

você sorri toda safada

passando a língua ao redor da cabeça de um

alisando o outro

começa a chupar um e outro com um prazer sem igual

eu e o Bruno deliramos de prazer, fodendo sua boca

você chupa, alisa, pega nas nossas bocas

ficamos um do lado do outro pra você deliciar com os dois paus ao mesmo tempo

sua saliva escorre pelo pau

então interrompemos sua degustação… te pego no colo e te levo para a cama

te deitamos de bruço na cama, o Bruno pela um vidro com óleo de massagem e espalhamos nas suas costas e bunda

começamos a fazer uma deliciosa massagem erótica a quatro mãos

você toda pela deitada na cama

eu e ele pelados sobre você te massageando

suas costas… sua bunda…. sua buceta… seus peitos…

seu corpo todo lambuzado de óleo

o Bruno fazendo uma massagem na sua buceta de te fazer delirar

eu massageando seus seios e beijando sua boca…

 


Dani

Deliro mesmo…

Relaxo, me agito, fico louca de tesão com vc dois…

Quero dois de uma vez quero os dois dentro de mim, e quero já…

Começo a beijar vc…

Pego no seu pau duro, passo a mão no peito do Bruno e ele já começa a se punhetar

de novo…

Não agüento e encaixo seu pau na minha buceta q está pulsando de tanto tesão…

Rebolo, e sinto seu pau entrar devagar…


Eu

me inclino sobre você… metendo devagar

como é apertada sua buceta, como é quente
você me abraça com suas pernas sentindo meu pau fundo na sua buceta
giramos na cama e você fica em cima de mim, rebolando
o Bruno alisa suas costas, desce a mão até na sua bunda
aperta sua bunda
passa os dedos pelo meio sentindo seu rabinho piscar
com os dedos lambuzados de óleo ele pega pelo meio da sua bunda
desce a mão até nas minhas bolas, passa o dedo na borda da sua buceta totalmente preenchida com meu pau
sobre os dedos e pressiona seu rabinho sem penetrar
vai deslizando o dedo, vc arrebita a bunda, rebola no meu pau e no dedo dele
ele então mete o dedo no seu cuzinho, você grunhi de prazer
ele vai metendo o dedo devagar, fazendo vai-e-vem no seu rabo
sincronizamos os movimentos: meu pau na sua buceta, ele com o dedo no seu cuzinho
você delira, rebola, geme…
com uma mão arranha meu peito e com a outro masturba o pauzão dele


Dani

Tow tão louca de prazer…

Quero os dois dentro de mim…

Rebolo…provoco… faço cara de safada e digo… quero os dois dentro de mim…

Vcs se entreolham, trocam um olhar de cumplicidade…

Os dois começam a me beijar ao mesmo tempo, um começa ele começa a passar a mão nas minhas

coxas (dando a entender que queria minha buceta), vc acaricia minha bunda, e parece que já

se resolveram…


Eu

ele te segura pela cintura e te puxa tirando meu pau da sua buceta

ele deixa já te puxando pra cima dele
antes você dá uma chupada gostosa no cacete dele, deixando aquele pau enorme bem molhado de saliva
então vai pra cima dele, já segurando o pau, encaixando na buceta
você geme gostoso com a pica do Bruno entrando na sua buceta
enquanto isso eu me abaixo e mordo sua bunda
passo a língua pelo meio da sua bunda
brinco com a língua no seu cuzinho
que escorre bem molhadinho
pego na sua bunda do jeito que você gosta
fico esfregando o polegar no seu rabinho e penetro o dedo polegar no seu cuzinho
você geme ainda mais gostoso
meto o dedo todinho, fodendo seu rabinho com o dedo
você rebola gostoso e segura no meu pau dando a entender o que está querendo
me posiciono atrás de você… você subindo e descendo no pauzão do Bruno
e eu fico esfregando o cacete na entradinha no seu cuzinho
até que eu encaixo gosto e quando vc faz o movimento de descida… a cabeça do meu pau entra no seu cu
você dá um grito delicioso
eu me ergo, apoiando as mãos na sua cintura e começo a foder o seu cuzinho
nossa… como é apertado
tá pra sentir a vara do Bruno dentro da sua buceta
eu e ele sincronizamos os movimentos
fodendo ao mesmo tempo… nossos cacetes entrando e saindo de dentro de você
você gemendo, berrando de prazer…
puxo seus cabelos e meto com forço… minhas bolas batendo na sua bunda, meu pau todinho atolado no seu rabo gostoso…


Dani

Sinto dor…

Mas é uma dor que perdura pouco até se converter em prazer…

Quando vc enfia seu pau grosso na minha bunda aperto o bruno, arranho as costas dele…

Ele chupa meus peitos, chupa gostoso, chupa forte, eu o aperto mais…

Sinto-me completamente invadida, mas gostando de ter os dois gostosos dentro de mim…

A sincronia é incrível…

Vcs me fudendo gostoso, forte, sinto a adrenalina subir, e saio de mim cada vez mais…

Tento rebolar, mas ta quase impossível, agora vcs ditam…

Que ritmo gostoso, que coisa maravilhosa… assim não vou agüentar por muito tempo…


Eu

loucura

ele te chupa os peitos
eu mordo sua nuca
a vara dele afunda inteira na sua buceta
meu pau arreganha sua bunda entrando fundo
seu corpo brilha de suor
o cheiro de sexo é delicioso…
é tão intenso que logo começamos a ficar exausta
você está que não agüenta mais…
sussurro no seu ouvido enquanto você geme alto completamente invadida
“como vai querer hein sua safada deliciosa, quer que te enchemos de gozo ou quer ganhar um banho de porra?”

 


Dani

Quero que os dois me encham de porra…

Quero os dois gozando dentro de mim…

Eu não aguento… gozo, fico leve, mas essa tensão sexual

continua me invadindo… eu qro continuar, mas já estou em êxtase…

Quero os dois gozando… Vcs percebem que eu gozei e aceleram o ritmo…

Gemendo alto, me xingando…

E eu vou me excitando… com essa ferocidade de vcs…

O Bruno me te cada ver mais fundo… vc mete forte…

Vcs estão loucos de prazer…


Eu

“é isso que você quer né sua vagabunda” – diz o Bruno metendo forte na sua buceta

“geme sua vadia gostosa” – eu te seguro pela cintura invadindo sua bunda com força
você não agüenta mais… e pede: “seus depravados, me encham de porra!”
Aceleramos o ritmo
meto forte na sua bunda…
o Bruno se acaba de tanto que te fode
ele goza primeiro, urrando como o bicho te enchendo de porra
você grita de prazer sentir o calor da porra dele inundando sua buceta
“sua cadela no cio”
e eu tiro um pouco o pau só para meter com força na sua bunda
meu pau entra todinho e é minha vez de te encher de porra
encher seu rabo de porra
você delira sentindo os jatos de gozo dentro de você…

 


Dani

Caímos os três na cama exaustos e ofegantes… relaxados por assim dizer…

Levanto, vou me limpar…

Volto para o quarto com mais três Stellas na mão…

Sorrindo e dizendo, “eis a cerveja do prazer”

Rs….

Adoro quando ele implora
Ajoelhado na minha frente, ou atrás
Suspirando pela minha atenção
Salivando pelo meu sexo.
Adoro quando ele rasteja
Sem orgulho algum se humilha
Suporta meu desprezo
E vem como um cachorrinho medroso
Se esgueirando, relando na minha perna
As mãos temerosas subindo atrevidas pelas minhas coxas
A boca sedenta se abrindo para me chupar
Apavorado com a possibilidade de receber um chute
Mas fascinado demais para se afastar
Enfeitiçado demais para não tentar.

Eu

Você no meu apartamento
chegou de repente, mas tenho visita: uma moça
sexy, atraente, mas jeito de menina, dengosa
ela é simpática, logo vocês duas estão rindo
e eu pensando coisas
tá um clima legal, arrumo uma desculpa e desço para comprar alguma coisa
quero deixar vocês a sós
você está de vestidinho preto, curtinho, deixando à mostra suas coxas quentes
e ela?

Dani

Você se vai e vemos que temos muito em comum…

Algumas idéias passam na minha mente, olho pra ela

e parece que ela capta meus devaneios… E me da um olhar

de anuência, cumplicidade…

Você chega, começamos a tomar um bom vinho, acabamos a primeira

garrafa, os risos soltos e a tensão sexual começa a aumentar entre nós três…

Você me beija, e depois beija a moça…

Nos entreolhamos…

Eu

um gole de vinho, um comentário dela, um risada gosto e eu te beijo
beijo gostoso
chupo seus lábios, nossas línguas dançam
você retribiu chupando minha língua
ela assiste nosso beijo e diz sorrindo: “hummm… que beijo safado”
você sorrindo acariciando meu rosto, giro no sofá e beijo ela ainda sentindo suas unhas roçando minha barba
chupo a língua dela arrancando um gemido
enquanto minha mão esquerda vai escorregando sorrateira pelas suas coxas
nossas bocas se separam e é sua vez de dizer sorrindo: “hummm… que beijo safado”

Ela tem jeito de menina, jeitinho de dengosa, um contraste interessante com a segurança que vc demonstra. Tem seios fabulosos… um jeito meigo, simpática… dá vontade de morder.

Dani

Você volta a me beijar e começamos a nos exibir pra ela…

isabela-11

Você toca levemente meus seios que ficam arrepiados a

seu tok…

Fico gemendo baixinho…

E toco no seu pau de leve… que fica duro ao meu tok..

Ela é branca de cabelo preto e olhos claros..

Uma beleza exótica… 🙂

Eu

te beijo com vontade
afasto sua blusa e deixo os dedos roçando nos seus seios
pego neles… aperto suavemente os mamilos
e vc massageia meu pau que endurece sob minha calça
chupo sua língua e aperto seu mamilos te fazer gemer
ela acaricia as próprias coxas sentindo a calcinha molhar…

Dani

Você me entreolha safado e toca de leve a garota q está pirando de excitação…

Vc toca a coxa dela e aperta, ela geme com a boa entreaberta, vc a beija e eu

continuo tocando meus seios e me excitando ainda mais ao ver vc chupar os seios dela…

Ela me olha safada e faz cara de quem está gostando…

Eu

delícia…
beijo a boca dela e desço minha boca abocanhando os seios dela
ela dá um gritinho quando eu chupo os mamilos
vc se recosta no sofá apertando os seios entre as mãos adorando me ver chupar os peitos dela
vocês duas se olham, sorriem, safadas, excitadas
enquanto fico passeando com a boca nos seios dela
ela estende a mão por sobre mim e acaricia sua pernas
você sorri… ainda mais excitada…

Dani

Ela me chama pra mais perto, passa a mão na minha coxa, beija meu rosto de leve,

vc nota o q está rolando e sorrir safado, então vc levanta o rosto e me beija

e puxa a bela moça para o nosso beijo…

E se torna um beijo triplo com nossas línguas se tocando e todos ainda mais excitados…

Vc tocando na perna dela, eu arranho suas costas, te aperto… ela toca minha perna com suavidade…

 Eu

nossas bocas num beijo delicioso
de repente me afasto e vc morde e chupa o lábio dela
que sorri excitada como se tivesse fazendo isso pela primeira vez
acaricio a parte interna das coxas dela, vc me arranha…
ela toca sua coxa com suavidade, fazendo vc se arrepiar roçando as unhas nas suas coxas
cada vez mais perto da sua calcinha, seu vestidinho já está na altura da cintura
e sua vagina lateja dentro da sua minúscula calcinha branca
ela arranha suavemente suas coxas, os dedos quase tocando na sua calcinha
vc estende uma das mãos e toca nos seios dela, com a outra mão, abre o zíper da minha calça…

Dani

O seio dela é durinho, arredondado…. e fica arrepiado na medida q vou tocando…

Seu pau ta tão duro que ta quase pulando da calça…

eu já estou louca…

Começo a masturbar vc enquanto chupo os seios dela…

Eu

ela geme baixinho… delirando com vc chupando os seios dela
desliza a língua, molha os mamilos de saliva, chupa…
uma de suas mãos apertando os peitos dela enquanto vc chupa
sua outra mão segurando forte no meu pau, me punhetando gostoso
ela pega nos seus cabelos
e estende aos mãos por baixo pegando nos seus seios
ela estende um pouco mais a mão e vc geme ao sentir a mão dela tocando sobre a sua calcinha…

fico de pé… vcs duas no sofá…
sua boca degustando os seios dela
a mãos dele se momento sobre sua calcinha fazendo seu corpo se contorcer
sua mãos subindo e descendo no meu pau
fico de pé, seguro a moça pelos cabelos e puxo a boca dela para o meu pau…

Dani

Não aguento ficar só olhando e caio de boca no seu delicioso pauPA0422~1

Ficamos as duas te chupando nos entreolhando e disputando seu pau…

Você geme de prazer.. vc delira… e trocamos beijos com seu pau no meio…

hum…

Delícia…

Eu

hummm….
enfio o cacete na boquinha dela, bem fundo
depois tiro e coloco na sua boca
ela beija seu rosto
vocês se beijam e me chupam ao mesmo tempo
às vezes tiro os pau do meio só pra ver vcs se beijam
uma chupando a língua da outra
até que você abocanha meu pau sugando com força
ela desce a boca chupando seus peitos, mordiscando seus mamilos
e enfia a mão dentro da sua calcinha…

…tiro da sua boca e bato com a vara no seu rosto
você geme lambendo minha vara, com a boca quente dela nos seus seios e aqueles dedos delicados escorregando na sua buceta
ela sorri e te empurra te fazendo deitar sobre o sofá
tira sua calcinha
se inclina beijando sua barriga e te masturbando… penetrando os dedos
vou por trás dela e abaixo a calcinha
encho de mordidas a bunda dela ela arrebita a bunda exibindo a vagina linda,

rosada, enxarcada…
vou mordendo e lambendo a bunda dela até minha boca alcançar aquela xana suculenta
ela geme alto quando meto a boca chupando e enfiando a língua
vocês duas se olham
e você agarra os cabelos dela empurrando o rosto dela para entre suas coxas
é a sua vez de encher a sala de gemidos de prazer…

Dani

Ela me chupa gostoso… fico louca, ela perde o ritmo vez por

outra inebriada com o prazer que vc proporciona a ela….

Eu demoro mais consigo e desvencilhar dela, começo a arranha suas costas, vou no deu ouvido

e falo baixinho “me fode”…

Quero que você me alargue… você olha sorrir e então mudamos todos de posição… vc nos leva pra cama

eu deito, ela coloca a buceta no meu rosto e fica de joelhos quase que sentada…

Vc abre minhas pernas….

Eu

falo pra você: “Dani… chupa ela gostoso chupa”
e você passa a língua naquela bucetinha deliciosa dela
ela geme alto e remexe lentamente com sua língua invadindo a buceta dela
abro suas pernas
ela te chupou tanto que sua buceta tá escorrendo…
esfregando a cabeça do pau na sua buceta
encaixo sentindo o quanto você está quente
e meto
(você tira a boca da buceta dela para gemer alto)
me inclino e continuo de fodendo com força
com força
minha vara vai entrando gostoso, atolando na sua buceta
nossa amiga olha maravilhada vendo meu pau entrando e saindo na sua buceta
beijo a boca dela
chupo os peitos dela
sem parar de te foder com vontade…

Dani

Sinto seu pau me invadindo, e fico ainda mais instigada, começo a tentar chupá-la

do jeito gostoso que vc me chupa, passando a língua por toda extensão, depois

com minha língua entrando e saindo de dentro dela, enquanto vc me fode gostoso,

sinto vc me alargando entrando e saindo de mim com seu pau grosso…

ela começa a ficar trêmula rebolando na minha boca… e ela goza… sai de cima de mim…

e fica deitada do meu lado co o corpo mole, apenas nos observando…

então vc me beija e sente o gosto dela nos meus lábios, vc faz cara de safado e passa a língua nos meus lábios

te puxo, querendo te ter mais fundo em mim, te arranho as costas e digo no seu ouvido,

“vai seu cretino, mostra pra ela como é que eu gosto de ser comida”

Avisei para uma amiga confidente que havia postado mais uma capítulo da saga de Belly.

Ela respondeu:

Tá. Hoje foi bem corrido aqui, mas eu adorei seus emails...rs

Me animei e respondi:

>hummm
>
>que delícia saber disso
>
> 
>
>aliás, que delícia imaginar vc trabalhando de saia, 
>
>roçando as coxas umas nas outras sentindo aquele calor dentro da calcinha
>
>aquela vontade de se masturbar
>
>imaginando como seria um "ronaldo" esgueirando-se" debaixo de sua mesa
>
>tocando seus joelhos
>
>abrindo suas pernas
>
>enfiando o rosto entre suas coxas
>
>usando apenas a língua afastar sua calcinha para o lado
>
>e te chupar, degustar.
>
>O telefone toca, putaquepariu... e você atende
>
>fazendo de tudo para falar normalmente com aquela boca quente te abocanhando a buceta.

Ao que ela respondeu:

Putaquepariu, nem brinca com uma coisa dessas...eu perco o juízo!rs

 

 

aaaaAcordei quase num susto, o coração acelerado e o membro doendo de tão duro. Foi tão real aquele sonho, tão intenso, cada detalhe permanecia vívido em minha mente, seu sabor em minha boca, o cheiro de sua pele inundava meu quarto. Estava com minha esposa numa festa, conversávamos com algumas pessoas quando você chegou e, ao primeiro olhar, parece que todo meu corpo se acendeu de desejo por você.

A saia jeans, a blusinha branca, o sorriso tão menina e tão lascivo aos mesmo tempo; você passa sorrindo por mim e em mim o sangue ferve, o desejo me incendeia. Minha esposa me beija, esfregando-se em mim; ela gosta da sensação de roçar as coxas no meu pau duro; mas nem imagina a razão de eu já estar com a barraca armada.

A festa rola, a música alta, você dança… e de repente me vejo sozinho com minha esposa conversando com outras pessoas. Não penso duas vezes e vou na sua direção, você me vê e parece fugir de mim; mas não é fugindo que vc está… está me levando pra onde você quer.

Te alcanço, te empurro contra a parede e te beijo com tamanha vontade que mal respiro. Você arranha minhas costas, chupo sua língua, você se contorce de prazer, minhas mãos sobem pelas suas coxas levantando sua saia. Sua calcinha minuscula não consegue impedir que meus dedos deslizem na sua xana que já lateja molhada de desejo. Você também sente presa, abre o zíper de minha calça e esfrega minha vara na sua buceta me querendo todinho dentro de você.

Mas eu quero degustar você todinha, me desespero tentando abrir os botões de sua blusa e acabo arrebetando os botões pra ter o prazer de beijar seus seios maravilhosos. Seus mamilos lindos e rijos me dão água na boca e eu sugo com força seus seios, mordisco seus mamilos adoro te ouvir gemer no meu ouvido. É então que você quase grita: “me fode logo!” e encaixa minha vara na sua buceta e morde meu pescoço pra não gritar quando eu começo a te foder com vontade.

A saia erguida até a cintura, a calcinha de ladinho sem incomodar minha vara atolando gostoso na sua xana, a blusa aberta deixando seus seios balançado no ritmo de nossa trepada, suas pernas enlaçadas na minha cintura, suas unhas cravadas nas minhas costase nossos gemidos que só não se ouvem quando nos beijamos loucamente. “Vem… me fode com força, do jeito que eu gosto!” – Você mal respira, uiva de prazer com minha vara entrando cada vez mais fundo na sua buceta.

Te seguro pelos cabelos, arremeto com violência dentro de você, lágrimas escorrem pelo seu rosto e você começa gemer mais alto gozando no meu pau. Dou um beijão na sua boca chupando sua língua, te seguro pela bunda, meus dedos roçam no seu rabinho e pela última vez te faço gritar metendo com força na sua buceta; porque logo meus corpo todo estremece, se contorce e eu urro como um bicho jorrando dentro de você.

E foi assim.. gozando… que eu acordei.

Ela olhou para o lado para ter certeza de não havia ninguém reparando neles, então puxou o barra do shortinho de malha para o lado diante do olhar incrédulo dele e ainda disse como se precisasse: “olha!”.

mmm
Ele, cumprindo a risca a promessa de não aproximar demais só suspirou de olhos vidrados: “que bucetinha linda você tem”. Ela sorriu  e rearrumou o short ignorando os apelos dele para deixá-lo ver mais um pouquinho.

"Entre Aspas"

"Sempre conservei uma aspa à esquerda e à direita de mim" ─ C. L.

Hasifmustafa's Blog

Just another WordPress.com weblog

bohemian.on.rye

The website of Katie Pugh, writer

The Happy Logophile

... obsessed with words for more than thirty years.

Julie Foucher | Reebok CrossFit Games Athlete

Musings of Medicine and Muscles by Julie Foucher

sethsnap

Photographs from my world.

matando o anjo da casa

salomepontocoelho

LIVE SHOWS PORTUGAL

Música em movimento

anagabigabriela - eu e meus pitacos sobre a vida

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

Sophysticada

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

O Sussurrar do Corpo

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

la femme, la douce

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

MEU SONHAR

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.