Arquivo

fotos

Eu

Você no meu apartamento
chegou de repente, mas tenho visita: uma moça
sexy, atraente, mas jeito de menina, dengosa
ela é simpática, logo vocês duas estão rindo
e eu pensando coisas
tá um clima legal, arrumo uma desculpa e desço para comprar alguma coisa
quero deixar vocês a sós
você está de vestidinho preto, curtinho, deixando à mostra suas coxas quentes
e ela?

Dani

Você se vai e vemos que temos muito em comum…

Algumas idéias passam na minha mente, olho pra ela

e parece que ela capta meus devaneios… E me da um olhar

de anuência, cumplicidade…

Você chega, começamos a tomar um bom vinho, acabamos a primeira

garrafa, os risos soltos e a tensão sexual começa a aumentar entre nós três…

Você me beija, e depois beija a moça…

Nos entreolhamos…

Eu

um gole de vinho, um comentário dela, um risada gosto e eu te beijo
beijo gostoso
chupo seus lábios, nossas línguas dançam
você retribiu chupando minha língua
ela assiste nosso beijo e diz sorrindo: “hummm… que beijo safado”
você sorrindo acariciando meu rosto, giro no sofá e beijo ela ainda sentindo suas unhas roçando minha barba
chupo a língua dela arrancando um gemido
enquanto minha mão esquerda vai escorregando sorrateira pelas suas coxas
nossas bocas se separam e é sua vez de dizer sorrindo: “hummm… que beijo safado”

Ela tem jeito de menina, jeitinho de dengosa, um contraste interessante com a segurança que vc demonstra. Tem seios fabulosos… um jeito meigo, simpática… dá vontade de morder.

Dani

Você volta a me beijar e começamos a nos exibir pra ela…

isabela-11

Você toca levemente meus seios que ficam arrepiados a

seu tok…

Fico gemendo baixinho…

E toco no seu pau de leve… que fica duro ao meu tok..

Ela é branca de cabelo preto e olhos claros..

Uma beleza exótica… 🙂

Eu

te beijo com vontade
afasto sua blusa e deixo os dedos roçando nos seus seios
pego neles… aperto suavemente os mamilos
e vc massageia meu pau que endurece sob minha calça
chupo sua língua e aperto seu mamilos te fazer gemer
ela acaricia as próprias coxas sentindo a calcinha molhar…

Dani

Você me entreolha safado e toca de leve a garota q está pirando de excitação…

Vc toca a coxa dela e aperta, ela geme com a boa entreaberta, vc a beija e eu

continuo tocando meus seios e me excitando ainda mais ao ver vc chupar os seios dela…

Ela me olha safada e faz cara de quem está gostando…

Eu

delícia…
beijo a boca dela e desço minha boca abocanhando os seios dela
ela dá um gritinho quando eu chupo os mamilos
vc se recosta no sofá apertando os seios entre as mãos adorando me ver chupar os peitos dela
vocês duas se olham, sorriem, safadas, excitadas
enquanto fico passeando com a boca nos seios dela
ela estende a mão por sobre mim e acaricia sua pernas
você sorri… ainda mais excitada…

Dani

Ela me chama pra mais perto, passa a mão na minha coxa, beija meu rosto de leve,

vc nota o q está rolando e sorrir safado, então vc levanta o rosto e me beija

e puxa a bela moça para o nosso beijo…

E se torna um beijo triplo com nossas línguas se tocando e todos ainda mais excitados…

Vc tocando na perna dela, eu arranho suas costas, te aperto… ela toca minha perna com suavidade…

 Eu

nossas bocas num beijo delicioso
de repente me afasto e vc morde e chupa o lábio dela
que sorri excitada como se tivesse fazendo isso pela primeira vez
acaricio a parte interna das coxas dela, vc me arranha…
ela toca sua coxa com suavidade, fazendo vc se arrepiar roçando as unhas nas suas coxas
cada vez mais perto da sua calcinha, seu vestidinho já está na altura da cintura
e sua vagina lateja dentro da sua minúscula calcinha branca
ela arranha suavemente suas coxas, os dedos quase tocando na sua calcinha
vc estende uma das mãos e toca nos seios dela, com a outra mão, abre o zíper da minha calça…

Dani

O seio dela é durinho, arredondado…. e fica arrepiado na medida q vou tocando…

Seu pau ta tão duro que ta quase pulando da calça…

eu já estou louca…

Começo a masturbar vc enquanto chupo os seios dela…

Eu

ela geme baixinho… delirando com vc chupando os seios dela
desliza a língua, molha os mamilos de saliva, chupa…
uma de suas mãos apertando os peitos dela enquanto vc chupa
sua outra mão segurando forte no meu pau, me punhetando gostoso
ela pega nos seus cabelos
e estende aos mãos por baixo pegando nos seus seios
ela estende um pouco mais a mão e vc geme ao sentir a mão dela tocando sobre a sua calcinha…

fico de pé… vcs duas no sofá…
sua boca degustando os seios dela
a mãos dele se momento sobre sua calcinha fazendo seu corpo se contorcer
sua mãos subindo e descendo no meu pau
fico de pé, seguro a moça pelos cabelos e puxo a boca dela para o meu pau…

Dani

Não aguento ficar só olhando e caio de boca no seu delicioso pauPA0422~1

Ficamos as duas te chupando nos entreolhando e disputando seu pau…

Você geme de prazer.. vc delira… e trocamos beijos com seu pau no meio…

hum…

Delícia…

Eu

hummm….
enfio o cacete na boquinha dela, bem fundo
depois tiro e coloco na sua boca
ela beija seu rosto
vocês se beijam e me chupam ao mesmo tempo
às vezes tiro os pau do meio só pra ver vcs se beijam
uma chupando a língua da outra
até que você abocanha meu pau sugando com força
ela desce a boca chupando seus peitos, mordiscando seus mamilos
e enfia a mão dentro da sua calcinha…

…tiro da sua boca e bato com a vara no seu rosto
você geme lambendo minha vara, com a boca quente dela nos seus seios e aqueles dedos delicados escorregando na sua buceta
ela sorri e te empurra te fazendo deitar sobre o sofá
tira sua calcinha
se inclina beijando sua barriga e te masturbando… penetrando os dedos
vou por trás dela e abaixo a calcinha
encho de mordidas a bunda dela ela arrebita a bunda exibindo a vagina linda,

rosada, enxarcada…
vou mordendo e lambendo a bunda dela até minha boca alcançar aquela xana suculenta
ela geme alto quando meto a boca chupando e enfiando a língua
vocês duas se olham
e você agarra os cabelos dela empurrando o rosto dela para entre suas coxas
é a sua vez de encher a sala de gemidos de prazer…

Dani

Ela me chupa gostoso… fico louca, ela perde o ritmo vez por

outra inebriada com o prazer que vc proporciona a ela….

Eu demoro mais consigo e desvencilhar dela, começo a arranha suas costas, vou no deu ouvido

e falo baixinho “me fode”…

Quero que você me alargue… você olha sorrir e então mudamos todos de posição… vc nos leva pra cama

eu deito, ela coloca a buceta no meu rosto e fica de joelhos quase que sentada…

Vc abre minhas pernas….

Eu

falo pra você: “Dani… chupa ela gostoso chupa”
e você passa a língua naquela bucetinha deliciosa dela
ela geme alto e remexe lentamente com sua língua invadindo a buceta dela
abro suas pernas
ela te chupou tanto que sua buceta tá escorrendo…
esfregando a cabeça do pau na sua buceta
encaixo sentindo o quanto você está quente
e meto
(você tira a boca da buceta dela para gemer alto)
me inclino e continuo de fodendo com força
com força
minha vara vai entrando gostoso, atolando na sua buceta
nossa amiga olha maravilhada vendo meu pau entrando e saindo na sua buceta
beijo a boca dela
chupo os peitos dela
sem parar de te foder com vontade…

Dani

Sinto seu pau me invadindo, e fico ainda mais instigada, começo a tentar chupá-la

do jeito gostoso que vc me chupa, passando a língua por toda extensão, depois

com minha língua entrando e saindo de dentro dela, enquanto vc me fode gostoso,

sinto vc me alargando entrando e saindo de mim com seu pau grosso…

ela começa a ficar trêmula rebolando na minha boca… e ela goza… sai de cima de mim…

e fica deitada do meu lado co o corpo mole, apenas nos observando…

então vc me beija e sente o gosto dela nos meus lábios, vc faz cara de safado e passa a língua nos meus lábios

te puxo, querendo te ter mais fundo em mim, te arranho as costas e digo no seu ouvido,

“vai seu cretino, mostra pra ela como é que eu gosto de ser comida”
Anúncios

pernas-cruzadas

Belly se lembra bem da primeira vez que o viu.

Locutor famoso, Ronaldo havia ministrado uma palestra na faculdade onde ela estuda. Foi a oportunidade perfeita para convidá-lo para ser o orientador da pesquisa que ela está fazendo sobre a influência poderosa da voz. Tão elegante, refinado e formal, que Belly até o achou distante e desinteressado. Mas ele a atendeu com prontidão e se ofereceu para ajudá-la em toda a pesquisa.

Nos dias que se seguiram Belly se descobriu fascinada. Alguma coisa a atraia naquele locutor elegante, mas um pouco frio. Belly é uma belíssima mulher, sensual e que sabe se vestir de modo a valorizar cada detalhe do seu corpo curvilíneo e sexy. Numa das muitas entrevistas que fez com ele ao longo do projeto de pesquisa, ela ousou: camisa de seda amarela, saia preta justa e curtíssima… qualquer homem a devoraria com os olhos ao vê-la elegantemente sentada, exibindo pernas maravilhosas, coxas quentes… Mas durante toda entrevista, o locutor em nenhum momento olhou ou esboçou qualquer reação. Nem mesmo um elogio.

Belly saiu da entrevista sem entender e com raiva. Sabia que estava muito gostosa e nem um olhar dele recebeu. Estava certa que veria o desejo brilhando nos olhos dele, mas nada. “Todos que me olham querem me comer e ele nem repara?!”. Como é possível? Ficou numa sala com ele durante mais de uma hora, a saia curtíssima deixando à mostra pernas e coxas maravilhosas… e nem um olhar disfarçado de interesse. Belly range os dentes de raiva, raiva e tesão. Será que ele é gay? Elegante, educado, respeitoso, bem vestido, rico… e gay? Belly não pode acreditar. Apesar do ar-condicionado sente calor… um fogo no corpo correndo por baixo de suas roupas enrijecendo seus mamilos e encharcando sua calcinha.

Belly morde os lábios e admite para si mesma: quero transar com ele.

Ela olhou para o lado para ter certeza de não havia ninguém reparando neles, então puxou o barra do shortinho de malha para o lado diante do olhar incrédulo dele e ainda disse como se precisasse: “olha!”.

mmm
Ele, cumprindo a risca a promessa de não aproximar demais só suspirou de olhos vidrados: “que bucetinha linda você tem”. Ela sorriu  e rearrumou o short ignorando os apelos dele para deixá-lo ver mais um pouquinho.

bu_druunax_v2_43Adorei te ter segurando-a pelos cabelos.
Seu corpo empinado, nós dois encaixados, seus seios saltando no ritmo gostoso da nossa transa.
Adorei você em sua posição preferida,
Fervendo numa animalesca paixão, joelhos afastados, bunda bem arrebitada, você toda completamente aberta e totalmente entregue propiciando a mais profunda interação, o mais perfeito acasalamento.
Adorei minhas mãos na sua bunda,
Marcando-a de vermelho em tapas bem dados e estralados sob medida para deliciar-me com seus convidativos “ais” como quem quisesse de novo e de novo… e quer.

Cheguei em casa.

Fechei a garagem, brinquei um pouco e depois prendi os cachorros.Dei um beijo em minha namorada (um pouquinho indiferente, confesso) e fui tomar um banho.Sai do banho e, ainda enrolado na toalha, arregalei os olhos ao ver ela delirando de prazer enquanto se masturbava deitada no sofá da sala.

A surpresa estampada em meu rosto fez ela sorrir e, enquanto ainda se tocava e gemia, me disse: “Humm amor, adorei ver esse misto de surpresa e prazer no seu olhar”.

Quando eu avancei sobre ela beijando-a, ela me perguntou sorrindo: “O que mais faria você me olhar assim?”.

“Te surpreender na cama com outra mulher… me faria te olhar assim também!” – falei sem pensar enquanto afundava o rosto entre as coxas dele.Enquanto lambuzava o rosto naquela buceta deliciosa a ouvi gemer alto e dizer: “Seu safado!”

 

SSS

“Eu estou ficando louca”

É o que diz Luísa falando e sorrindo sozinha.

Sem saber o que fazer para fazer passar o tempo pega uma revista e foleia com os pensamentos agitados.

Ondas de calor passeiam pelo corpo dela, sente os mamilos rígidos e a vagina aquecer dentro da menor de suas calcinhas.

Pensa em pegar o telefone e ligar para ele não vir,

“Mas é tarde demais” – ela diz para si mesma desculpando-se assim por não ter coragem nem vontade

Há quanto tempo esperava pela coragem e pela oportunidade

Sim, sempre negou, mas sempre quis.

Sinal de mensagem no celular e ela lê: “estou subindo”.

Ela se arrepia, pensa em vestir alguma coisa, mas prometeu que estaria assim, só de calcinha.

Ela sorri, está nervosa

Nervosa já esteve mais, mas nunca antes tão excitada

Sente o coração acelerar, a vagina latejar.

Ouve o som da campainha e se dirige para a porta sem pressa

Mordendo os lábios com a mais deliciosa das ansiedades

“Hora de se divertir sua safada”.

"Entre Aspas"

"Sempre conservei uma aspa à esquerda e à direita de mim" ─ C. L.

Hasifmustafa's Blog

Just another WordPress.com weblog

bohemian.on.rye

The website of Katie Pugh, writer

The Happy Logophile

... obsessed with words for more than thirty years.

Julie Foucher | Reebok CrossFit Games Athlete

Musings of Medicine and Muscles by Julie Foucher

sethsnap

Photographs from my world.

matando o anjo da casa

salomepontocoelho

Raquel Varela

Historiadora Labour Historian

LIVE SHOWS PORTUGAL

Música em movimento

anagabigabriela - eu e meus pitacos sobre a vida

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

Sophysticada

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

O Sussurrar do Corpo

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

la femme, la douce

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.

MEU SONHAR

Meus dias, safadeza, agonia e poesia; afinal, o que me move é querer mais um segundo com você.